Saúde e integração com o XXIV “Morceguinho”

masterTradição da Associação Recreativa dos Servidores da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Assufms), o Torneio “Morceguinho” de futebol é realizado anualmente na nossa sede social.

 

As inscrições já estão abertas para a edição de verão deste ano, que terá início no dia 27 de outubro. Os interessados em colocar o time em campo podem se increver nas categorias Livre e Master, entre os dias 19 e 23 de outubro.

 

O evento será realizado no Estádio Morenão, em frente editora, e terá apoio da Sindicato dos Servidores da UFMS (Sista-UFMS) e da Cooperativa Sicredi Federal.

 

Confiram o regulamento do torneio:

REGULAMENTO

XXIV TORNEIO VERÃO “MORCEGUINHO – 2015”

 

CAPÍTULO I

 

DAS NORMAS GERAIS DA COMPETIÇÃO

 

O Torneio verão “Morceguinho” tem o intuito de promover a integração entre funcionários, seus dependentes e prestadores de serviços da UFMS, e será realizado em duas modalidades: Livre – podendo ser inscrito atletas de qualquer idade e Master com atletas com idade de 40 (quarenta) anos acima, completos no ano de 2.013, podendo ser inscrito apenas o goleiro com idade livre.

 

QUEM PODE PARTICIPAR QUEM NÃO PODE PARTICIPAR
Servidores ativos e inativos da UFMS Cônjuges de prestadores de serviços UFMS
Prestadores de serviços da UFMS Filhos de prestadores de serviços UFMS
Funcionários: SISTA/SICREDI/ASSUFMS Parentes de servidores UFMS
Funcionários: ADUFMS/FAPEC/FADEMS
Dependentes legais de servidores/UFMS
Cônjuge servidores UFMS
Sócios participantes da ASSOFAMEZ
Sócios participantes do MASTER/UFMS
Acadêmicos Ufms

 

Art. 1º ▬ A competição será organizada pela ASSUFMS.

 

Art. 2º ▬ Para participação na competição à equipe deverá preencher a Ficha Modelo padrão fornecida pela entidade organizadora, contendo nome completo, data de nascimento e cópia da Carteira de Identidade de cada atleta (caso solicitado pela Comissão Organizadora).

 

Art. 3º ▬ Cada equipe poderá fazer a inscrição de 12 (doze) atletas, técnico e responsável.

 

  • As inscrições poderão ser feitas até a última rodada do torneio, desde que a equipe tenha vaga em sua ficha de inscrição.
  • Atletas inscritos por 02 (duas) ou mais equipes, poderão ser substituído, desde que o atleta declare por inscrito por qual equipe vai disputar a competição, sob pena de não poder atuar por nenhuma.

 

Art. 4º ▬ O atleta ou membro da Comissão Técnica somente terá condições de atuar no jogo após apresentar ao mesário do jogo um documento original com foto recente, onde possa identificá-lo, ou com registro de perda dos documentos com prazo máximo de 30 (trinta) dias, caso seja solicitado por qualquer equipe participante ou organizadores.

 

Art. 5º ▬ Cada equipe poderá inscrever no mínimo 05 (cinco) e no máximo 12 (doze) atletas para cada jogo, com numeração a critério da respectiva Comissão Técnica.

 

Parágrafo Único ▬ Em caso de uniforme com as mesmas cores a equipe que estiver à direita da tabela oficial de jogos terá que substituí-lo.

 

Art. 6º ▬ As equipes poderão relacionar para a partida os 12 (doze) atletas inscritos e em condições de jogo. Para o jogo ser realizado a equipe terá que ter no mínimo 04 (quatro) atletas em condições de jogo. Os atletas denominados suplentes poderão substituir os que estão em campo de jogo quantas vezes forem necessárias, sem interrupção do jogo, exceto o goleiro que dependerá de autorização da arbitragem.

 

Parágrafo Único ▬ Se, por qualquer motivo, no decorrer da partida uma das equipes ficar com número de atletas inferior a 04 (quatro), perderá os pontos em favor da equipe adversária, seja qual for o placar do jogo. Se ambas as equipes incorrerem neste item não somarão nenhum ponto a seu favor. O atleta terá condições de jogo a qualquer momento da partida, desde que ele esteja relacionado na ficha de que sua equipe.

 

Art. 07 ▬ As punições serão julgados pela Comissão Organizadora.

 

Art. 08 ▬ A Comissão Organizadora se reunirá sempre que houver necessidade ou tiver Julgamento em pauta e deliberará com a presença de no mínimo 03 (três) de seus integrantes.

 

Parágrafo Único ▬ A Comissão organizadora será composta por todos os responsáveis pelas equipes inscritas na competição.

 

Art. 09 ▬ O atleta ou dirigente suspenso iniciará o seu cumprimento a contar da data do Julgamento.

 

Art. 10 ▬ A equipe que não comparecer no local de jogo estabelecido pela tabela oficial de jogos (WO), será eliminada da competição e terá seu cheque caução de R$ 200,00 (duzentos reais) compensado em favor da organização do evento.

 

Art. 11 ▬ Em caso de interrupção de partida já iniciada por qualquer motivo, o árbitro aguardará o tempo de 20 (vinte) minutos e, caso o motivo pelo qual foi interrompido não seja sanado, dará esta por encerrada e constará em relatório o ocorrido.

 

Art. 12 ▬ Em caso de agressão consumada contra arbitragem, os atletas ou membros da comissão técnica, serão automaticamente eliminados da competição, independente do Julgamento.

 

Art. 13 ▬ Cada equipe será responsável pela integridade física das pessoas envolvidas com a competição e pela preservação de seus bens materiais, não cabendo nenhuma responsabilidade à entidade organizadora da competição quanto a despesas decorrentes de acidentes ou incidentes.

 

Art. 14 ▬ O atleta advertido com 02 (dois) cartões amarelos (advertência cumulativa) deverá cumprir um jogo de suspensão automática.

 

Art. 15 ▬ Os atletas e dirigentes expulsos de campo ou do banco de reservas (cartão vermelho), ficarão automaticamente impedidos de participar da partida subseqüente deste campeonato.

 

Art. 16 ▬ O tempo de jogo será de 40 (quarenta) minutos, divididos em 02 (dois) tempos de 20 (vinte) minutos, com intervalo de 03 (três) minutos.

 

Art. 17 ▬ Das regras:

 

ü  Após a quinta falta coletiva cometida pelas equipes em cada período, será penalizada com a cobrança de tiro livre direto na marca dos 11 metros;

ü  O escanteio será cobrado com o pé e valerá gol direto;

ü  O lateral será cobrado com as mãos.

 

CAPÍTULO II

 

DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

 

Art. 18 ▬ A competição será pelo sistema de pontos ganhos, onde a vitória dará direito a 03 (três) pontos, o empate dará direito a 01 (um) ponto e derrota a 0 (zero) ponto.

 

  • 1º ▬ Ocorrendo empate na classificação por número de pontos ganhos empregar-se-á para competição, os critérios abaixo relacionados:

 

          ENTRE 02 (duas) EQUIPES:

1)         confronto direto na fase;

2)        maior número de vitórias na fase;

3)        melhor saldo de gols na fase em que ocorreu o empate

4)        menor número de gols sofridos na fase em que ocorreu o empate;

5)        maior número de gols marcados na fase em que ocorreu o empate;

6)        sorteio.

          ENTRE 03 (três) OU MAIS EQUIPES:

1)         maior número de vitórias nas partidas realizadas entre si;

2)        menor número de gols sofridos nas partidas realizadas entre si;

3)        maior número de gols marcados nas partidas realizadas entre si;

4)        melhor saldo de gols na chave ou fase em todos os jogos em que ocorreu o empate;

5)        menor número de cartão vermelho;

6)        Sorteio.

 

  • 2º ▬ Nas fases eliminatórias, ocorrendo empate nos jogos únicos (mata-mata), a decisão será através de cobranças de penalidades máximas com cobranças de 05 (cinco) penalidades para cada equipe.

 

CAPITULO III

 

DA FÓRMULA DE DISPUTA

 

Art. 19 ▬ A forma de disputa, bem como as chaves serão divulgadas após as inscrições no congresso técnico que será realizado em 13/11/2014 às 15 horas na ASSUFMS – morenão portão 32.

 

CAPITULO IV

 

DA PREMIAÇÃO E DISPOSIÇÕES FINAIS

 

Art. 20 ▬ As premiações serão assim distribuídas:

 

1º, 2º e 3º colocados: Troféu e medalha;

Goleiro Menos Vazado: Troféu;

Artilheiro: Troféu.

 

Art. 21 ▬ Os casos omissos neste Regulamento serão julgados pela Comissão Organizadora.